Redes sociais
Arte RADIO

Amauri Brevilheri Nossa Coluna

Postado dia 22/09/2015 às 07:04:34

Nossa Coluna - 22 09 2015

A ORDEM É UMA SÓ: NÃO PAGA NINGUÉM...

Até que se faça caixa para pagar a folha de pagamento. Essa é a determinação na prefeitura de Cornélio. Alguns fornecedores já começam a reclamar que as contas que teriam para receber nos meses de julho e agosto estão atrasadas e a informação é que não paga em setembro. “A prioridade é a folha de pagamento” informou um assessor.

 

QUE CRISE!!!

O prefeito Fred vive a sua maior crise desde que assumiu a prefeitura há dois anos e oito meses. Como se não bastasse à crise financeira, o prefeito enfrenta uma crise política, perdendo aliados e vendo sua imagem se desgastando cada dia mais. Há quem diga que o prefeito já começa a repensar se sairá candidato a reeleição ou não. De acordo com nossas fontes, ele teria encomendado três pesquisas que serão realizadas até dezembro deste ano. Se o desgaste aumentar ele deve desistir de se aventurar em mais um pleito eleitoral. Uma coisa é certa, se não tem dinheiro para pagar fornecedores e com a expectativa da situação financeira só piorar, acho que será difícil mudar a imagem atual do executivo.

Vale lembrar também que o prefeito perdeu muitos aliados e pessoas que ajudaram diretamente em sua campanha. Ou seja, se o grupo do prefeito era pequeno, hoje é menor ainda!

 

VAI FICAR MAIS APERTADO AINDA!!!

Se nós já estamos “sentindo na carne” os efeitos dos ajustes fiscais dos governos Federal e Estadual, vale aqui a máxima que diz: “nada é tão ruim que não possa ficar pior”. O governo do estado enviou na semana passada um Projeto de Lei que teria o objetivo de “driblar a crise”, o chamado “pacote anticrise”, mas a coisa não é bem assim... No pacote emergencial, foram mantidas medidas como a que aumenta o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em compras feitas por internet ou telefone em outros estados. A ideia é que a diferença na taxa cobrada pelo estado de origem em relação ao Paraná, se houver, seja bancada pela empresa que comercializou o produto, mas pode não dar certo.

 

QUE TRISTE URAI!

Os vereadores da cidade de Urai reprovaram, mais uma vez, a instalação de uma Comissão Processante para apurar as denuncia do Ministério Público daquela cidade na “Operação Cascalho”. As denuncias são de que o atual prefeito e um assessor teriam recebido “propina” para realização de readequação das estradas rurais do município. A votação foi apertada, cinco votos favoráveis e quatro contrários a instalação. O necessário para a instalação seriam seis votos. É uma pena que parte dos vereadores de Urai não queira transparência na administração municipal e são coniventes  com tudo que acontece lá. Só lembrando: ANO QUE VEM É ANO DE ELEIÇÕES, será que a população vai querer reconduzir pessoas que não querem a transparência na cidade?


envie seu comentário »

Arte aplicativo