Redes sociais
Arte RADIO

Amauri Brevilheri Nossa Coluna

Postado dia 16/10/2015 às 10:56:29

Nossa Coluna 16 10 2015

E ESSA ZONA... AZUL?

Qual motorista de Cornélio que ainda não teve problemas com os parquímetros da zona azul? Pois é, umas “maquininhas” engolem moedas, não aceitam seu boton se tiver menos de 30 minutos de crédito. Ai você quer colocar crédito, não acha um “dito cujo” dos agentes da empresa. Você sai sem por o tempo no parquímetro e quando volta ou tem uma orientação no para brisa sobre o pagamento da zona azul ou tem multa. Ai fica difícil!!!

 

NOVO PRESIDENTE –

A Sociedade Rural da Região de Cornélio Procópio deverá escolher, no próximo mês, o seu novo presidente. Um dos nomes cotados para o cargo é do ex-prefeito Osvaldo Trevisan que é um diretor ativo da Sociedade. O atual presidente, Jair Machado, exerceu um bom mandato. Aberto a novas parcerias e incentivo ao diálogo.  Trevisan, trás a experiência de ex-prefeito, deputado Constituinte e é um nome bem aceito entre os integrantes da Sociedade Rural, principalmente porque também é aberto ao diálogo.

 

DIFICULDADES DA UENP –

A nossa Universidade Estadual do Norte do Paraná vem passando por situação difícil. De acordo com o Orçamento a instituição deveria receber 10 milhões de repasse do governo para custeio (reparos, manutenção, pagamentos de servidores terceirizados...) mas só recebeu a metade disso. De acordo com a Reitora Fátima Paduam, a situação é difícil, mas está bem encaminhada para a solução. Contatos com deputados estaduais, principalmente com o líder do governo na assembleia Luiz Claudio Romanelli, que está tentando uma suplementação para solucionar o problema. Vamos aguardar.

 

E DAÍ DURVAL QUAL A MORAL?

Em depoimentos prestados na tarde de quinta-feira (15) à Justiça Estadual sobre o caso Copel/Olvepar, escândalo de corrupção envolvendo o governo do Paraná no fim de 2002, o doleiro Alberto Youssef e o advogado Antonio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini confirmaram que o então deputado estadual Durval Amaral foi um dos beneficiados do esquema, que teria sido montado para beneficiar aliados do grupo político de Jaime Lerner, então governador. Durval hoje é conselheiro do Tribunal de Contas. Já foi secretário-chefe da Casa Civil de Beto Richa (PSDB) e, em 2002, era líder de Lerner na Assembleia Legislativa. (Fonte: Jornal de Londrina).


envie seu comentário »

Arte aplicativo